O que você precisa saber ao contratar um pintor
Voltar para o blog

O que você precisa saber ao contratar um pintor

Está pensando em renovar a pintura da casa? Conversamos com um profissional da área e elaboramos uma lista com 6 dicas para quem pretende contratar um pintor.

1. Procure referências

Esse sempre é o melhor jeito de contratar um profissional. Pergunte a alguém de confiança se ele ou ela têm alguém que recomendam. Dessa forma, os riscos de você ficar insatisfeito com o resultado diminuem bastante.


2. Pesquise pelo menos 3 pintores

Mesmo que tenha encontrado um profissional com um orçamento bom logo de cara, vá com calma: compare os preços, peça referências e veja se esse é realmente o profissional que vale a mais a pena contratar.

3. Acompanhe o trabalho e veja se é isso mesmo que você tinha em mente

Não adianta só inspecionar o resultado final do trabalho do pintor: é mais fácil consertar um erro na pintura enquanto ela ainda não está finalizada. Tente olhar diariamente o trabalho do pintor e, se alguma coisa estiver incomodando, fale com ele (a). “O que mais gera problemas entre um pintor e o cliente é a escolha da cor. Muitas vezes, o cliente escolhe um tom, mas, por conta da iluminação do próprio ambiente, a cor não acaba ficando como ele queria. Por isso, é importante o cliente ir acompanhando a pintura, para checar se está ficando do jeito que ele(a) imaginava”, aconselha Levi da Hora, pintor que atende pela plataforma GetNinjas.

4. Assine um contrato

Converse com o pintor e faça um contrato detalhando o serviço que será feito. “É importante que no contrato estejam especificados acordos como a metragem a ser pintada, os ambientes, o que será feito (se, além da pintura, o pintor vai nivelar a parede, acertar com massa corrida ou pintar o teto, por exemplo), e também o tempo que durará a pintura”, diz Levi. Quando chegarem a um acordo, assinem o documento e fique com uma via.

5. Verifique qual o estado da sua parede

“Algumas paredes precisam ser preparadas para receber a pintura. Às vezes, existem defeitos, buracos, que aparecem dependendo da iluminação. Para ficar perfeito, pode ser necessário nivelar com massa corrida”, explica Levi. É importante perguntar esse tipo de detalhe, já que esses serviços podem aumentar um pouquinho o orçamento. Converse antes com o profissional e acertem quais serviços são necessários.

6. Respeite a área de atuação de cada profissional

Pode ser que, durante a pintura, o pintor se depare com uma infiltração ou algo do tipo. Esse tipo de problema estrutural, porém, cabe a outros profissionais (como encanadores, no caso de uma infiltração). Por isso, se esse for o caso, respeite a área de atuação de cada profissional e contrate alguém especializado para resolver o problema.

Fonte: revistacasaejardim.globo.com


Outros posts

  1. Saiba mais sobre o projeto AVF KIDS

    Saiba mais sobre o projeto AVF KIDS

    O PROJETO PÚBLICO-ALVO Meninas e meninos entre 5 a 9 anos; OBJETIVO Familiarizar as crianças com o voleibol através de atividades de reconhecimento do próprio corpo; Exploração de...

  2. Dicas e cuidados com o botijão de gás de cozinha

    Dicas e cuidados com o botijão de gás de cozinha

    É verdade que o botijão de gás não é aquele item mais interessante dentro de uma cozinha. Muitas vezes ele só recebe atenção quando o gás acaba durante o preparo de uma refeição.No entanto, dedicar al...

  3. Conheça a tendência home office

    Conheça a tendência home office

      Transformar aquele quarto extra em escritório pode ser o que faltava para ter um home office. Trabalhar em casa é uma tendência. Confira os pontos positivos e negativos desta nova modalidade de serv...

Este site utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação.